terça-feira, 1 de junho de 2010

Parada para a Parada

Uma coisa que me agrada nesta época de Parada Gay é o clima de euforia que os visitantes trazem para São Paulo. Quando acompanhamos nossos amigos de fora nos lugares que já estamos cansados de frequentar, é como se víssemos a nossa própria cidade com olhos de turista. É uma delícia! (Nessas horas, meu orgulho paulistano vai às alturas.) Pena que, pelo segundo ano seguido, não vou conseguir aproveitar tudo como eu gostaria. Desta vez, estou às voltas com o meu trabalho de conclusão de curso (já falei sobre ele aqui) e vários outros assuntos para resolver ao longo do feriado. E ainda tenho o 1º Encontro de Blogueiros e Twitteiros Gays na sexta (fui convidado, mas não entendi até agora se será apenas para assistir ou para sentar à mesa e participar de algum debate; se alguém souber, por favor me explique).

Sobre as festas, a imprensa especializada já soltou line ups e serviços para cada um montar sua programação. Dá pra se divertir um bocado. Amanhã dá pra curtir a The Week sem tanta lotação - quarta é sempre o dia de receber o povo de fora e fazer aquele social enquanto todo mundo ainda está lúcido e com a cara boa. Quinta tem um monte de coisa: à tarde, Jungle Party no Pacha e Café Com Vodka no Sonique, com a queridona Cella e o Felipe Lira; à noite, a label carioca Maxima, na Megga (torcemos para a casa ter finalmente arrumado o som), e uma festa da TW no Moinho com o Tony Moran, além d'A Lôca, que vai bombar como nunca e emendar num afterhours. Sexta de manhã também tem after na Cantho, que deve acolher a xepa guerreira da TW e Maxima.

Na noite de sexta, a TW recebe dois convidados bem diferentes: Taito Tikaro, com aquele electrohouse gay típico do clã Matinée, e Russell Small, metade da dupla Freemasons, única atração verdadeiramente house em meio a um mar de tribal. A Bubu com certeza estará intransitável (os lolitos estão looonge de ser a minha faixa etária preferida, mas enfim...). Num outro extremo, a comunidade bear vai baixar em peso na festona Ursound. E, para quem quiser sair um pouco do gueto, uma boa pedida é o Lions, com Mau Mau e Victor A no som.

Sábado, a The Week repete a dobradinha dos anos anteriores: GiraSol de dia (desta vez em locação nova, o Clube Nacional) e festona no QG da rua Guaicurus, com o véio-de-guerra Peter Rauhofer. Na mesma noite, Megga e Flexx também abrem, e aposto que as três casas lotarão. No domingo, uma segunda GiraSol promete ser a saideira perfeita, com o ótimo Enrico Arghentini e mais repeteco do Russell Small (aliás, essa é a festa da temporada 2010 que eu mais estou esperando). Numa linha "baixos teores", também tem Café Com Vodka, A Lôca, Blue Space e Bubu. Tudo pra não ficar em casa amargando a rebordosa que, cedo ou tarde, virá.

Eu me programei para ir às duas edições da GiraSol (tomara que o tal Clube Nacional seja bacana!) e também à noite do Peter na TW, que é sempre uma grande festa. Dependendo de como eu conseguir organizar a minha vida, também posso ir conferir a Maxima de quinta-feira. Na sexta, só quero ir jantar num lugar legal (tipo o Sal ou o Marakuthai), dar uma voltinha rápida de carro e dormir cedo, para aguentar o finde. Eu tenho cada vez mais simpatia por festas diurnas em geral, mas estou meio receoso com a previsão do tempo. Se os dias ficarem bonitos, penso em passar na Feira Cultural e talvez até conhecer o famoso Gay Day do Playcenter. Só não pretendo dar outra chance à Parada Gay em si (minhas razões, você lê aqui).

Um leitor perguntou se eu não ia postar um daqueles meus roteirinhos gastronômicos. Não sei se vai dar tempo. Sobre o "circuito gay clássico", nem preciso dizer nada: Mestiço, Ritz, Spot, Bella Paulista, Athenas, Suplicy, Santo Grão, Consulado Mineiro e Cozinha dos Anjos (que é praticamente o quilo da The Week, a boate inteira bate cartão lá). Se der, vou fazer uma lista de lugares menos manjados, pra aqueles que já vêm sempre pra cá e querem dar uma variada. Já adianto que o Sal e o Marakuthai são meus restaurantes prediletos atualmente, junto com o Carlota e o Due Cuochi. Espero conseguir cumprir as minhas obrigações a tempo de me divertir um pouco também. Boas festas a todos vocês!

14 comentários:

Lourival Lima Jr disse...

Bom finde prá ti, lindão. Seja em balada, cuidando do seu trabalho de conclusão de curso ou apenas descansando.

Eu e meu namorado vamos nos jogar e depois sabe-se lá quando vamos sair de novo.

Abração do Lou

Paulo disse...

Sem pique pra Parada e baladas lotadas esse ano!! Mas hoje eu bem quero me jogar hoje, antes da mega lotação! Eu ia para a Loca, mas hoje tem The Week também? Hmmm... é pra pensar no caso!

dharm disse...

E o Rubaiyat?

guime_fa disse...

se puder dê uma dica de restaurante chinês aí em sampa...
vlw.

Introspective disse...

Lourival Lima Jr. Obrigado, pra vc tb, querido!

Paulo: Vá amanhã pr'A Lôca! É só chegar cedo!

dharm: O Rubaiyat é uma das melhores casas para se comer carne em SP. Recomendo! Um lugar bem sóbrio, para ir com a família. O bife de tira é campeão e, para acompanhar, a batata soufflé e a farofinha são dez. Não é um lugar nada barato...

guime_fa: Eu sou meio chato com restaurante chinês: tenho uma certa encanação com higiene, então acabo escolhendo uma única casa de confiança e indo só nela. O "meu" chinês é o China Plaza, na R. Dr. Cândido Espinheira, 648, Perdizes (entre a Pacaembu e a Monte Alegre). Outra dica é o Ton Hoi, cotado como um dos melhores chineses da cidade. Fica na Av. Prof. Francisco Morato, 1484, no Butantã.

ludo diniz disse...

O Porto Rubaiyat está trabalhando no esquema rodízio e com preços bem acessíveis (coisa de 50-60).

Recomendo um almoço no Kaá, principalmente em um dia de sol. É lindo e a comida ótima. Mas os preços são altos.

Wans disse...

Eu vou no bailão mesmo. Já me sinto em casa.

Introspective disse...

Fala Ludo, quanto tempo! O Kaá é lindo mesmo e já estava nesse meu roteiro de 'novidades'. E sabe que não achei tão caro assim? Tá dentro do preço da categoria. Quando entrei lá, achei que fosse gastar muito mais.

Wans disse...

Queridão, sinta-se convidadíssimo! Melo iria adorar!
A partir de amanhã, uma amigo de São José estará por aqui e provavelmente serão os 3 dias seguidos de bailão. Qualquer coisa, é só dar um toque, ok?

bjão!!!!

Ruy disse...

Engraçado que eu não pique pra nada, mas a proximidade da data vai dando uma vontadezinha de gastar o ordenado.

Não sei, vou dar um consultada nos roteiros, aproveitar a lotação da cidade ou não, ficar em casa engordando e passando frio.

Boa sorte no Bailão, eu gosto de lá tanto que inicialmente fui pra conhecer, mas voltei oputras vezes, pra diversão descontraída, sem cara de Gambiarra, é sempre uma boa alternativa.

Serginho Tavares disse...

deve ser muito interessane a parada gay ai em SP
aqui em Recife so acontece em setembro e antes ela era no centro da cidade em plena sexta feira à noite e sempre iam muitas pessoas pós expediente
agora é na praia e dizem que é beeeeeeeem melhor que antes eu imagino que sim e que o clima seja mais tranquilo

Andre Machado disse...

Nooossa vai ser suuuuper legal!!!

Camille disse...

Bom, eu teimo em entrar aqui nesse blog meio "gueto",para dizer que quem escreve bem é para todos, e nao so para meninos gays. Desculpe galera, mas tb sou daqui desse blog. Adoro as coisas que esse menino aqui escreve (nao, nao sou a mae dele, nem a tia, sou irma da de uma amiga querida). Voces sao de um folego invejavel. Eu nao aguentaria esse tranco de ir a tantos lugares ao mesmo tempo. Tais a ver amigo, que estou em casa "blogando" em plena sexta-feira chuvosa. A parada é domingo? Vou assistir um pouco, é do lado de casa.
Beijos para vocês todos, e que tenham otimas festas, diversao e grandes encontros.
Com carinho,
Cam

K. disse...

virei uma pessoa off-circuit sem querer. li tudo isso num domingo e percebi que não sabia de absolutamente NADA do que ia rolar

lamentei até um pco ter perdido a metdade do freemasons.