quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Meus sanduíches favoritos em São Paulo

Hoje vou falar sobre sanduíches. Quem não gosta de um BOM sanduíche? Lá em casa, eles não são considerados comida, pertencem a uma categoria inferior: "Filho, você come um sanduíche ou prefere comida mesmo?" Inferiores ou não, às vezes não há nada melhor do que simplificar a vida, deixar garfo e faca de lado e comer um bom lanche com a mão.

Aqui estão meus 10 sandubas prediletos em São Paulo - sendo que os três primeiros colocados são paixões absolutas.


1) TOULON @ JOSEPHINE (R. Jacques Félix, Vila Nova Conceição) Com a moda dos wraps, aqueles sanduíches enrolados no pão-folha, esse aqui foi meu eleito. No Toulon, um generoso recheio de cream cheese, shiitake, shimeji, champignons e mussarela de búfala é envolvido num pão finíssimo e crocante, que não tem nada a ver com aquela folha borrachuda usado pela cadeia Wraps. O cream cheese vem na medida: deixa os cogumelos molhadinhos sem transformar o sanduíche numa bomba gordurosa. Pra completar a pinta, o wrap é servido no prato, com uma saladinha de folhas verdes [foto]. Estou salivando só de lembrar!

2) SANDUÍCHE DE FILÉ MIGNON @ MANSOUR (Av. Lins de Vasconcelos, Aclimação) Enquanto o Josephine tem pretensões de elegante, o Mansour é uma típica lanchonete de bairro, bem simplona, quase um pé-sujo. Mas ela tem um daqueles segredos guardados por poucos, que nunca irão parar nas páginas pop da Veja São Paulo: o melhor sanduíche de filé da cidade. A carne é tão macia, tão suculenta e tão saborosa, que já segura o sanduíche sozinha, sem necessidade de complementos. Eu peço com queijo, mas dispenso a salada, porque não quero que nada tire minha atenção do tempero e do caldinho do filé. Nem me importo que o pão seja de hambúrguer e não francês (o 'normal' nesse tipo de sanduíche).

3) LOX @ POP'S BAGEL & COFFEE (R. Bela Cintra, Jardins) Você tem aquelas vontades incontroláveis de comer uma coisa específica, que te fazem mudar os planos e cruzar a cidade, se necessário? Eu tenho essas vontades várias vezes, e o Lox é uma das mais freqüentes (e baratas, porque as outras são mais sofisticadas). É um sanduíche no pão bagel, aquela rosca redonda com um furo no meio que é típica de Nova York (e especialidade do Pop's, que oferece vários tipos). O recheio do Lox leva salmão defumado, cream cheese, rodelas de tomate, aros de cebola roxa (que eu dispenso porque são ardidos) e um delicioso molho pesto (que eu peço reforçado, porque é a alma do sanduíche). Vem com batatas chips - o que, felizmente, me previne de pedir um segundo sanduíche ao garçom.

4) PIC BURGER @ THE FIFTIES (Moema, Itaim, Praça Vilaboim) Entrando na seção de hambúrgueres, este é hoje o meu preferido - por descuido do General Prime Burger, que era o nº 1 e caiu alguns degraus no ranking. Uma das estrelas do cardápio, o Pic Burger é feito com carne de picanha moída, bem suculenta, queijo prato bem-servido, alface ralada, microcubinhos de cebola e um molho especial meio rosé que, numa simplificação grosseira, é o primo evoluído do molho do Big Mac. O sanduíche é bem úmido e tão robusto que não consigo nem pensar em batatas fritas. Muito menos no excelente milk shake Fifties, com um toque de licor de cacau misturado ao sorvete de chocolate, outro destaque da casa.

5) CAMANDUCAIA @ SINHA MOÇA CAFÉ (Av. Paulista). Numa galeria próxima ao Conjunto Nacional, esse café é um daqueles lugares onde você vai para se agradar com algo bem gostoso e, em geral, engordativo. O pavê de amêndoas com muito leite condensado e o bolo de laranja com baba-de-moça são exemplos. Como não posso desestabilizar a balança todo dia, fico com os sanduíches, sempre caprichados. O Camanducaia leva peito de peru, mussarela de búfala, requeijão light e tomate seco, num pão ciabatta bem macio. Aliás, é impressionante a variedade de sanduíches que a casa consegue inventar com os mesmos ingredientes de sempre.

6) HAMBÚRGUER DE FRALDINHA COM MOSTARDA DE ERVAS @ GENERAL PRIME BURGER (R. Joaquim Floriano, Itaim Bibi) Quando o GPB começou a funcionar, conquistou na hora o troféu de melhor hambúrguer de São Paulo pela minha votação particular. Você escolhe a carne entre vários tipos (picanha, fraldinha, vitelo, cordeiro, calabresa e outros, todos com a grife Wessel), o queijo (prato, emmenthal, mussarela ou cheddar) e ainda incrementa com uma infinidade de molhos possíveis - vinagrete, mix de funghi, barbecue, pesto, iogurte com hortelã, cole slaw, chimichurri, curry com maçã... Minha combinação campeã é fraldinha (mais leve que a picanha), queijo emmenthal e molho de mostarda com ervas (divino). Mas a casa andou derrapando na qualidade nas minhas últimas duas visitas e por isso perdeu a liderança...

7) HAMBÚRGUER COM CREME DE CHAMPIGNON @ JOAKIN'S (R. Joaquim Floriano, Itaim Bibi) Para quem, como eu, é louco por strogonoff, esse hambúrguer é uma bênção: vem com um molho de strogonoff bem consistente e temperadinho, e champignons fatiados. Pedindo com batatas fritas, é o casamento perfeito. Um dos sanduíches que remetem à minha infância. O Joakin's não tinha passado pelas reformas que deixaram a casa tão bonita e incrementada, mas as filas nos finais de semana já eram cruéis. Ainda bem que a casa fica aberta aos sábados até as 5 da manhã.

8) BEIRUTH @ FREVO (Rua Augusta e Rua Oscar Freire) Como já citei o Joakin's na lista, na hora de falar de beirutes vou fazer uma homenagem a um dos mais tradicionais de São Paulo: o do Frevo. Firme e forte na memória afetiva dos paulistanos desde 1956, o Frevo da Oscar e o Frevinho da Augusta embalaram os romances adolescentes de nossos pais e continuam fazendo as cabeças com os mesmos honestos sanduíches no pão sírio - o cardápio da casa conserva o jeitão antiquado de sempre. Peço o de presunto, clássico até dizer chega: com queijo, tomate, alface e um toque de maionese caseira que só as casas antigas fazem. E para beber, um bom frapê de coco - aqui, as coisas não mudam nunca, e é bom que seja assim.


9) HAMBÚRGUER DE PICANHA RETANGULAR @ LAMBRETTA (R. Renato Paes de Barros, Itaim Bibi) O Lambretta é um misto de café e lanchonete superfofo, que passa batido em meio às sanduicherias megalomaníacas do Itaim. O lugar é intimista, com luz mais baixa e sofás vermelhos, e você pode ficar lendo revistas enquanto o sanduba não chega, bem clima de café mesmo. Os pãos tipo focaccia que eles fazem lá mesmo dão base para ótimos sanduíches - meu predileto é o hambúrguer de picanha, que vem suculento e coberto de mussarela de búfala, folhas de rúcula e pasta de tomate seco, e é provavelmente o único hambúrguer retangular da cidade [foto].

10) QUITANDINHA @ LANCHONETE DA CIDADE (Al. Tietê, Jardins) A Lanchonete da Cidade é uma beleza, acho lindo o ambiente da casa, inspirado no estilo modernista dos anos 50. E os milk shakes de lá são uma coisa de louco: entre o de chocolate com calda de brigadeiro e o de doce de leite com calda de nutella, fica difícil dizer o mais gostoso. Como eu me recuso a abrir mão desses prazeres, tento equilibrar o impacto calórico pedindo o Quitandinha, um hambúrguer vegetariano que, por incrível que pareça, é gostoso - a "carne" é um prensado cremoso de grãos e legumes e vem com mussarela de búfala, rucula e tomate seco, num pão de hambúrguer integral. Para aplacar o sentimento de culpa na maior cara-de-pau.

16 comentários:

André Mans disse...

O primeiro me deixou com água na boca

cam.brz disse...

wow...vc relacionou a maioria dos sanduiches que adoro aqui em sampa....vamos marcar uma noite do sanduba?

Alberto Pereira Jr. disse...

acabei de jantar.. mas so de ver as fotos e as descrições de cada sanduíche já fiquei com água na boca...

hehehe eu tb morreria sem comer carne..

Tonico disse...

Olha, aki no interior estamos bem servidos de lanches....maslógico que não se compara a boa elaboração desses que vc relacionou..que saudades de sampa!

Anônimo disse...

Você pode fazer a lista dos 10 melhores banheirões de São Paulo?
De banheirão bicha entende! Faz a fina no blog, mas no mictório...
Pelo menos o xixi é dourado.. Li por aqui que dourado está na moda!

ludo diniz disse...

post bom esse
preciso visitar as indicadas q n conheço, principalmente essa mansour (n tem nada melhor do q um bom sanduba despretencioso)
sou fraco para comida

Tony Goes disse...

Oh, get a life!

Anônimo disse...

Thi,
Você tá malhando?
Suppress
FXXX

Alexandre Lucas disse...

Minha perdição na Lanchonete da Cidade, onde graças ao bom Deus vou pouco é o Amarelinho... Hehehe.

Anônimo disse...

Leleca...
E ainda mais acompanhado do milkshake de gianduia ((-:
FXXXX

charles disse...

no rio, por tanto que tem o rio e tem os cariocas, to nem ai da musica ou do dj...;-))

Anônimo disse...

Charles,
Be nice please!
FXXXX

Alexandre Lucas disse...

Titia, be nice :)

Gui disse...

Ahhhhh...Só agora vi seu comment.
Já voltou pra casa?

Ficamos o finde pelo Festival...

Notivagus sp. disse...

Hmmmm....

r5 disse...

esse de salmão no pops é MUITO bom mesmo! tb recomendo.