sexta-feira, 31 de julho de 2009

Rapidinhas baladeiras

NOITE DOS SONHOS Um dos mais concorridos festivais gays do mundo, o Black & Blue faz milhares de belos circuiteiros baterem cartão em Montreal a cada mês de outubro. O site da fundação que organiza o B&B já começou a soltar as informações da edição 2009, e eu fiquei simplesmente pretérito quando soube quem vai tocar na festa principal, em 11/10: Sasha, John Digweed e Dave Seaman. Ouvir os três papas da progressive house, juntos, num centro de convenções gigante [o Palais des Congrès, na foto ao lado] apinhado de homens lindos, parece até um sonho. Enquanto aqui somos obrigados a engolir a gritaria tribal sem reclamar, no Canadá até as barbies ouvem música boa...

YO NO CREO EN BRUJAS... Já em outro festival gay bombado, o Circuit Festival, que começa amanhã em Barcelona, o clima é tenso nos bastidores. Segundo fofoca que ouvi do meu provável único leitor português, as autoridades fecharam o Souvenir, afterhours tradicionalíssimo onde aconteceriam algumas das festas mais esperadas do programa. O Matinée Group, que organiza o festival, corre contra o tempo para achar outro lugar e salvar o fervo das bilus. Não é de hoje que a Espanha anda intolerante com a jogação: de 2007 para cá, a prefeitura de Ibiza vem fechando clubes e proibiu toda e qualquer festa após as 6 da manhã - jogando areia nas day parties da Space, que eram justamente as festas mais especiais da ilha.

DOMINGO EU QUERO VER Tô gostando bastante dessa nova movimentação em torno de baladinhas dominicais em São Paulo (o Mix avisa: é tendência). Como o inverno não inspira pool parties, o jeito é pensar em festas indoor. Primeiro veio a despretensiosa Gambiarra, no Cambridge - que nem é gay, mas começou a atrair um povo cansado das matinês de sempre. Agora, dois projetos novos vêm aí. Dia 9/8, o Sonique estreia seu Café com Vodka, sob a batuta do fervido Duda Hering. No domingo seguinte, é a vez da festa Dalva, que Ailton Botelho e Marcos Costa farão quinzenalmente no Vegas, com o promissor André Garça como DJ residente. Ainda sou fã incondicional da Blue Space, mas vou adorar ter novas boas razões para não sofrer com a aproximação da segundona.

10 comentários:

Anônimo disse...

Oi.....
Vc tem montes de seguidores em Portugal.........

Luca

Lisboa

Anônimo disse...

Já percebeu que o logotipo do Eterna Festival da TW é bem parecido com o do Circuit? E sabia que a TW também fez um pedido no INPI para registrar a marca Black & Blue no Brasil? Coisas que se acha pesquisando na internet...

Introspective disse...

Luca: mentira!!! jura???

Anônimo: e não é só isso! o próprio nome Eterna é descaradamente chup... ops, sutilmente inspirado no Infinita de Madrid!

Edu e Mau disse...

desconheço todas, hehe

João disse...

ZZzzZzzZZzzZZ

Blog do Dirceu disse...

babados do circuit hein... só vc pra descobrir, beijão

beto disse...

gambiarra: se vc tem 22 anos no máximo (ou quer pegar os desssa faixa) e gosta de samba-rock, a Gambiarra é o lugar para ir aos domingos. caso contrário, melhor evitar. eu evito pelas 2 razões.

ritz (seu breve pitaco): estamos falando do mesmo lugar??? acho que vc foi num dia incomum. fui várias vezes nos últimos meses e achei justamente o contrário: o ritz des-gayzificou-se consideravelmente e encheu de mudernos de 20 e poucos anos (e com muita mulher nessa categoria). só continuo voltando pelos bolinhos de arroz!

vegas: pelo jeito desistiram/adiaram o tão pré-anunciado fechamento da casa.

Leblon_RJ disse...

Que horror esse circuit parties, mercados de entorpecentes difarçados de festas. Muita gente se dando muito mal e pegando doenças. Campanhas contra AIDS sao piadas, os donos dessas boates espalham morte e deixam o trafico tomar conta,enquanto o Aids e droga acabam com os gays. Nem da' pra falar nessas festas com aquela musica atordoante, è so' tomar droga memso pra cuirtir essa baladas de morte. HYPOCRISY

Juliano disse...

oii Tiago!!!!
fiquei animado com sua noticia do festival Black & Blue, estou em Montreal a 2 meses, hj é o enceramento do Festival Divers/Cité, que rolou durante toda a semana aqui, com varios shows e hj com um grande balada que a chuva transformou em uma festinha. a vida gay tem muita coisa, mas o povo é muito parado, assiste show de rock sentado no parque.... nao da.....
hj o encerramento esta sob comando a DJ Ana Paula do Rio, a tarde teve apresentaçao do Batucada Carioca com Maninho Costa, nao os conhecia.... em agosto teremos a semana da Parada. vou esperar..

ah.. le palais des congrès é muito bonito, e ira combinar muito com a festa pelas cores externa e pela floresta rosa no interior.

abraços e obrigado pelas dicas

charlistheron disse...

A parte, souvenirs tava aberto pra o circuit festival. gracas a deus.... vamos torcer para que nunca feche...
fui aparecer la... e foi IN-CRI-VEL...
tavam falando, parece que vai ter outra lei pra que possamos dancar depois das 6h- pois e muito chato agora na espana, todas as boates acabam as 6h da manha. to achando muito cedo. meio que fode a festa...